Verdade e Luz - 18/04/03

Imprimir

Doce figura... Longas barbas a lhe caírem sobre o peito e suaves cabelos a emoldurarem o rosto, de onde os olhos se assemelhavam a duas estrelas, tamanho o brilho, a irradiarem amor.

De suas mãos podia-se esperar o afago e a doçura da bênção que curava leprosos e paralíticos, cegos e obsidiados.

Ante o influxo da sua voz, doentes se levantavam das enxergas e os semimortos voltavam à vida.

À sua presença, muitos foram curados atraindo para si mesmos, os Seus fluidos de pureza maior.

A sua passagem entre os homens deixou profundas marcas, que mudaram a face da humanidade e, rompendo o milênio, chegam hoje até nós.

Sua passagem pela Terra coloriu de dourado os ideais dos homens, que se dedicaram à música, à pintura e à escultura, às artes em geral.

Muitos lhe dedicaram a vida inteira em orações e em reclusão.

Outros tantos lhe escreveram os mais belos poemas, louvando o seu Nome.

No entanto, milhares e milhares de desconhecidos o levam consigo no coração, cumprindo a vontade do Pai Celestial.

Por estes, é que Ele espera no Mundo Maior, para que participem com Ele do Seu Reino de Paz, de Trabalho e de Amor.


MEIMEI
Mensagem psicografada, recebida em 18/04/03,
na Fraternidade Espírita Cristã Batuíra

Newsletter







Destaques Batuíra