Carta a Jesus

Imprimir

Mestre Jesus,

Nas igrejas e nas capelas
Entre círios e muitas velas
Cânticos são entoados,
Todos em teu louvor.

Vestem-se os homens
Para a grandeza da festa,
Que a pureza atesta
Em todo o seu esplendor.

Catam crianças nos lares
Transformados em altares,
Reunidas ao pé da árvore,
Que simboliza os festejos
Do dia do Teu Natal.

Adultos trocam presentes. . .
E a família de toda gente
Se reúne com alegria,

Em doce calma união.

Mas não deixes, Senhor,
Que nos esqueçamos dos pobrezinhos,
Dos enfermos, dos desvalidos,
Daqueles que não são queridos,
Dos que vivem sós
Sem ter ninguém.

E que a chama de amor
Que desce do teu coração
E a nossa dor arrefece,
Nos permita externar em prece,
Sentimentos de misericórdia
E uma imensa gratidão.

Que a alegrias do teu Natal
Tomem conta de nossas almas
E nós possamos, com calma,
Entoar o mesmo cântico
Com que os anjos te aclamaram
Na noite bela, estrelada,
Do dia do teu Natal:
“Glória a Deus nas alturas,
Paz na Terra e
Boa vontade aos homens.

MEIMEI
Mensagem psicografada, na Fraternidade Espírita Cristã Batuíra

Newsletter







Destaques Batuíra