Tesouros 08/01/2011

Imprimir

 

Meus filhos, nunca é demais lembrar-nos que precisamos, sim, viver no mundo material trabalhando e desfrutando do progresso que existe mas, também , que amemos os nossos semelhantes e que nos transformemos, a cada dia, em instrumentos do bem de todas as criaturas.

Se Deus nos concedeu, nesta vida, a bênção da riqueza, do acesso ao conhecimento, da saúde, do poder perante os outros; se Ele nos deu como incumbência governar, dirigir, gerir empresas e criar empregos; se nos deu a oportunidade de desenvolver a inteligência, com a possibilidade de promover o bem social, a instrução de todos desenvolvendo a educação dos homens e possibilitando a tantos obter saúde, honremos ao Senhor, utilizando com sabedoria todos os tesouros de que Ele nos fez depositários.

E que nós os utilizemos com Amor, lembrando-nos que, ao nosso redor, existem tantos que têm fome e que sentem frio, que não têm teto, que não podem estudar nem progredir, por falta de recursos.

Lembremo-nos que há tantos outros que vivem pelas ruas e que, sem ocupação digna, voltam-se para caminhos de criminalidade, recebendo como troco o ódio, a revolta ou a indiferença da sociedade, pelo terror que espalham à sua volta.

Compadeçamo-nos destes também e, da melhor maneira, utilizemos os nossos bens em benefício dessa sociedade, para que ela seja mais justa.

Que todos os nossos atos sejam iluminados, pelo amor que abranda os gestos, que suaviza as palavras e que nos faz estender os braços para socorrer quem necessita e que nos faz, também, abrir o nosso coração, para receber aqueles que precisam de nós e do nossos amor.

Honremos as dádivas que nos oferta o Senhor, utilizando-as para que o mundo à nossa volta seja melhor.

Batuíra

Newsletter







Destaques Batuíra