A Nova Era 12/02/2011

Imprimir

São chegados os tempos em que o homem precisa escolher modificar a sua vida, alicerçando e construindo virtudes, seguindo as pegadas do Mestre Amado, para que neste mundo possam vigorar felicidade e paz.

Para tanto, basta o querer. Basta a vontade firme e clara, a partida sem retorno na conquista desse amor fraterno, imenso, que alivia as dores e consola almas e que faz com que o homem se levante dos campos da guerra pessoal, para semear paz em todas as searas, beneficiando os seus irmãos da humanidade.

Jesus deixou-nos tão claras lições conclamando-nos à humildade e à simplicidade, à pureza de coração, à misericórdia, à mansidão e à edificação do amor pelos nossos semelhantes. Amor incondicional, sem preconceitos, sem jaça, sem impurezas.

Rogou-nos o combate ao egoísmo, ao orgulho e à vaidade. Pediu-nos que tivéssemos fé em nós mesmos e na Bondade e na Justiça de Deus Pai, apregoando que quem assim agisse encontraria o caminho do Reino dos Céus.

Ensinou-nos o amor ao trabalho, que é instrumento do Progresso do Mundo e a bondade em todas as situações e atitudes.

Pediu-nos que aceitássemos com resignação as nossas aflições, não nos acomodando diante da dor, mas encontrando as causas, o que nos traria consolo e renovadas esperanças.

E, sobretudo, nos mostrou Deus como o Pai Nosso, que ama todas as suas criaturas e que espera pelo desabrochar do amor em todos os corações.

Se seguirmos fielmente os ensinamentos de Jesus, seremos dignos de participar deste Mundo da Nova Era, quando o amor prevalecerá em todos os corações e o bem surgirá como força sublime, extirpando o mal.

O homem, então, estará renovado e o mundo será de paz.

Batuíra

Newsletter







Destaques Batuíra