Os Chamados e Escolhidos 21/05/2011

Imprimir

Fostes chamados à undécima hora e tendes atendido ao chamamento do Senhor, para trabalhar na Sua Vinha.

Tendes sido fiéis operários, que cumprem todas as recomendações recebidas e que fazeis o vosso trabalho com amor? Ou tendes procurado descansar mais do que trabalhar?

A Seara, a Vinha a que me refiro é a da vossa alma.

Quanto tendes arado o terreno endurecido dos vossos sentimentos e quanto tendes aí jogado a boa semente do amor e da Caridade, regando-a com os vossos cuidados, com presteza e atenção, persistentemente, para que elas germinem e possam, um dia, dar frutos sazonados e bons?

No cultivo da Seara da vossa alma, é preciso semear a paciência e a misericórdia, a tolerância e o entendimento, a boa vontade e a gentileza no trato com os vossos companheiros de jornada e a humildade, tudo com muito amor, jamais vos esquecendo que sois apenas trabalhadores chamados ao Serviço do Senhor.

É preciso que trabalheis de tal modo, que quando soar a hora do descanso merecido, possais receber o salário do dia, pela tarefa executada e bem cumprida.

Se vos analisardes hoje, criteriosamente, já podeis saber o quanto ireis receber.

Tendes sido amáveis e dóceis com os vossos semelhantes?

Tendes tido para com eles toda a paciência e o devotamento que eles vos merecem?

Tendes estado prontos a servir à Causa do Bem, em qualquer hora e circunstância?

Tendes sentido piedade diante das dores alheias?

Sois aqueles que tendes, sempre, uma boa palavra a dizer e que quando nada tiverdes de bom para falar, sabereis calar-vos e apenas com as vossas preces ajudareis?

Tendes tido boa vontade ao socorrer os que necessitam?

Tendes amado, no lar, os vossos familiares, sem críticas e julgamentos, somente motivando-os a serem, também, sempre melhores?

Tendes vos lembrado de pedir a ajuda do Bom Deus, antes de iniciar qualquer trabalho e agradeceis ao término de cada tarefa?

Tendes distribuído o consolo e a esperança, que reanimam os desorientados?

Tendes policiado os vossos pensamentos, vossas palavras e vossas atitudes para não ferir a ninguém?

Ó, meus filhos, se assim tiverdes agido, ajudando aos vossos semelhantes, tereis bem cultivado a seara da vossa alma e, por certo, fareis jus ao salário do trabalhador de boa vontade, que atendendo ao chamamento do Senhor, semeou felicidade e distribuiu amor aos que estão convosco em tarefas de evolução.

Newsletter







Destaques Batuíra