Os Seguidores de Jesus 23/07/2011

Imprimir

 

 

Meus filhos, para serdes considerados seguidores de Jesus, não basta clamar Senhor! Senhor!

É preciso que honreis os vossos compromissos assumidos perante a lei de amor, que Ele nos impõe como jugo, servindo ao vosso próximo com altruísmo e serenidade.

Ainda ontem, ouvi as vossas preces que pareciam sinceras, no entanto, minutos depois, também senti que vossos pensamentos estavam carregados de ira e de violência e que desejos de vingança cruzavam e poluíam o vosso céu interior.

Tenho seguido os vossos passos e tenho percebido que servis à Causa do Cristo, fazendo o bem ao vosso próximo, mas quase não encontrei piedade nos vossos corações, apenas formalismo nos vossos atos.

Observando a vossa vida, pude perceber que pregais com belas palavras que levam ao esclarecimento, ao consolo e à esperança as pessoas que vos escutam, mas encontrei o vosso coração dizendo não, diante de situações de dificuldades que aparecem nas vossas vidas.

Ensinais aos vossos filhos o valor da verdade e vos escondeis através de mentiras e de cinismo.

Percebi que pregais o perdão das ofensas, mas que continuais a guardar infinitas mágoas no coração, quando não votais indiferença total aos que vos ofenderam.

Percebeis onde quero chegar? Tendes tido uma falsa aparência de cristãos, seguidores de Jesus, mas, na verdade, permaneceis raivosos, ciumentos, invejosos e implacáveis no julgamento do próximo.

Porém, Jesus ensinou que seria fácil encontrar o caminho do Reino de Deus, se fôsseis mansos e humildes de coração e se cultivásseis o amor, com que Deus aquinhoou todas as criaturas, como flama divina a vos iluminar o caminho.

Eia, pois! É tempo de parar para que repenseis a vossa vida.

Segui a Jesus vivendo os seus ensinamentos.

Aprendei a amar a Deus, amando o vosso próximo e amai-vos a vós mesmos corrigindo os vossos passos e seguindo fiéis na rota do Infinito Bem.

Newsletter







Destaques Batuíra