No Matrimônio 25/02/2011

Imprimir

 

Ó tu, que hoje me escutas, que vives um grande amor, mas não te dás conta dele, porque tudo parece fazer parte do cotidiano simples e igual.

Repara que alguém, do teu lado, cuida para que sejas mais feliz. Alguém que aplaina a tua estrada, para que tu a percorras com mais facilidade.

Alguém que vela por ti, pela tua saúde, pelo teu equilíbrio, pela tua paz interior.

Se tens alguém assim, tens um grande amor. E não hesites em dizer: quanto eu te amo!

Isso só poderá fazer aumentar o afeto e estreitar os laços, pela comunhão de amor que passará a existir.

Julgas que Deus não abençoa esses encontros amorosos e fraternos que constituem a bênção do lar, célula primordial da família?

Pois que foi o Nosso Pai que permitiu cruzarem-se os caminhos que conduziram teus passos junto dessa alma gentil e que embora não o percebas por vezes, ilumina a tua vida e te faz mais feliz.

Agradece a Deus e aprende a dizer o quanto amas, todos os dias, durante toda a tua vida, preservando esse amor que abençoa o teu lar.

Newsletter







Destaques Batuíra