Ouve, Mãe 27/05/2011

Imprimir

Mãe,

Por que se confrange o teu coração ante as escolhas de teu filho?

Não o recebeste com o amor em teu ventre?

Não te sentiste feliz, quando ele nasceu?

Não lhe ensinaste as primeiras palavras?

Não o acompanhaste nos primeiros passos?

Não o levaste a crer em Deus?

Não lhe deste as primeiras noções de lealdade, responsabilidade e probidade interior?

Não o motivaste ao estudo e ao trabalho?

Não lhe proporcionaste todas as oportunidades de transformar-se num homem de bem?

Não o amaste intensamente?

Não oraste por ele rogando ao Mais Alto que lhe desse proteção?

Então, aquieta o teu coração hoje.

Aprende a aceitar e a respeitar as escolhas que faz o teu filho, nesta vida.

Apenas, prepara-te para ficares no aguardo, para ajudá-lo, se ele de ti precisar.

Não o subestimes agora! Continua motivando-o para o bem!

E se não quiser, ele, seguir na senda que tu lhe mostraste, entrega-o à Bondade de Deus e à Sua Misericórdia e continua amando-o e orando por ele, quando não mais puderes falar-lhe ao coração.

Newsletter







Destaques Batuíra