Em Família 28/04/2011

Imprimir

Cultiva, no seio da família, a amizade sincera dos teus filhos, dos teus irmãos, dos teus descendentes.

Para isso é preciso que estejas atento, fazendo-te presente às solicitações que te fazem, mesmo que isso seja para ti um sacrifício que te pese à saúde ou às horas de descanso e de lazer.

Prova que os amas sendo sempre gentil, amoroso e dócil.

Cultiva a conversa que interessa a eles também. Aprende a ouvir mais e a falar menos, especialmente, quando o assunto é só do teu interesse.

Demonstra o teu amor com o calor da tua presença e não, apenas, das tuas palavras.

Age de modo que todos sintam-se queridos e aceitos pelo teu afeto. E deixa que te honrem, com a lembrança digna que guardam de ti.

Cultiva o amor dos teus familiares. Faze-os mais queridos. Respeita-os. Transforma a tua vida num ato de fraternidade e de generosidade.

Se não os fizeres amigos, quem mais o será?

Lembra-te que ninguém caminha solitário para Deus. Por isso o Criador instituiu as famílias e nos deu amigos.

Mas precisamos amá-los muito, conquistando-os para o nosso afeto.

Sejamos, mais do que irmãos, amigos em Deus.

Newsletter







Destaques Batuíra