Ante Novos Ensinamentos

Imprimir

Hoje, se passardes pelo crivo da lógica e da razão todos os conceitos que chegam até vós, seja através dos noticiários ou mesmo através da mediunidade, podereis comprovar a veracidade do que nos ensinam encarnados e desencarnados.

Disse Jesus que pelos frutos conhece-se a árvore. Uma árvore boa não produz maus frutos, bem como, uma árvore má não produz bons frutos.

Portanto, diante das prédicas, máximas e conceitos que vos são oferecidos como verdades, é necessário que se faça uma análise profunda e, através do bom senso, só assimileis o que for para o bem comum de todas as criaturas.

Um ensinamento que pregue a desunião, que pregue o desentendimento, as dissensões; que leve à ira e ao medo ou que provoque a presença nefasta da culpa, não pode ser de bom proceder. Não advirão de bons corações nem de almas puras, que desejam que o homem se eleve em grande escalada de evolução.

Fugi de tudo o que tem a aparência do mal.

Muitas vezes, através de palavras empoladas e de vocabulário difícil estão ensinamentos nefastos, que levam as criaturas à desgraça e ao mal.

Jesus ensina sempre a benevolência para com as pessoas, a indulgência para com todos, o perdão das ofensas e o amor vivenciado e compartilhado com todas as criaturas.

Se os novos ensinamentos que receberdes forem contrários aos ensinamentos de Jesus desprezai-os, ainda que os homens vos chamem de fracos ou covardes.

Eis que para vós estará aparelhado um mundo mais feliz no Reino de Nosso Pai.

Newsletter







Destaques Batuíra