Amor Incondicional 01/05/2010

Imprimir

Guarda-te no silêncio e no segredo, o templo da tua alma, quando estenderes a tua mão, beneficiando a quem precisa de amparo e proteção.

Não te envaideças jamais, pela moeda ofertada, pelo pão que repartes, pelo agasalho que doas, pela roupa que ofereces, pelo consolo que levas, pelas lamúrias que escutas sem repreender nem condenar, pelas lágrimas que secas.

Faze o bem pelo bem e alegra-te no silêncio do teu coração, sem que busques qualquer recompensa de alguém.

É a tua alma que canta e teu coração que se enriquece, quando vives esse amor incondicional, fazendo sempre, do bem, a tua meta maior.

Newsletter







Destaques Batuíra