Pureza no Coração 10/07/2014

Imprimir

 

 

 

 

Meus filhos, se a crença que professais não vos ajudar a ser melhores, ela não está cumprindo o seu objetivo maior ou vós é que tendes apenas como exteriorização, para que em vos vendo, os vossos semelhantes vos imaginem piedosos e bons.

Ora, sabemos que este mundo ainda abriga homens que estão evoluindo lentamente e que se encontram presos a sentimentos, pensamentos e atitudes voltados para o mal.

As quedas morais são constantes e os escândalos acontecem como consequências, pela repercussão que causam.

Quando parareis para passar por um crivo de amor as vossas atitudes?

Quando analisareis melhor os vossos sentimentos e os vossos pensamentos, para não mais proferirdes palavras ferinas e nem despenderes energias maléficas em direção ao vosso próximo, contaminando a vós mesmos primeiro?

Quando deixareis de prejudicar os vossos semelhantes com atitudes maldosas, com maledicência, com testemunhos falsos, destruindo a felicidade e a alegria de todos?

E vos dizeis cristãos. E afirmais que sois religiosos e que cumpris as Leis de Deus.

Mas, a vossa conduta mostra o quão distantes andais dos ensinamentos de Jesus, que sempre ensinou que deveríamos ser mansos e humildes de coração, pacíficos e puros. Que deveríamos ser misericordiosos e ainda que amássemos ao próximo como a nós mesmos.

É tempo de parar e de reavaliar o vosso proceder.

Tende mais bondade nos vossos relacionamentos.

Buscai compreender e aceitar os outros como são. Se carregam defeitos, vós também os tendes, mas não vos esqueçais que todos possuem virtudes.

Sede complacentes. Sede piedosos e tolerantes.

Guardai pureza em vossa conduta.

Libertai-vos de todo mal, dos rancores, dos desejos de vingança, dos ciúmes e da inveja, porque são esses vícios que vos levam a ser infelizes. Percebei que quando prejudicais alguém não encontrais felicidade, mas ansiedade, remorso e aflição.

Buscai a pureza de coração e combatei o mal para encontrardes paz em vossas vidas.

Newsletter







Destaques Batuíra