Façamos a Nossa Parte 28/8/2014

Imprimir

Meus filhos, já vos tenho dito que o Lar é a Escola bendita das almas porque é nele que o homem aprende, verdadeiramente, a amar os seus semelhantes.

O Lar nem sempre é um jardim, onde apenas recolhemos a alegria das flores. Aí nos encontramos para aprender a colher também espinhos, quando semeamos a boa semente.

Muito fácil fazer a Caridade fora do ambiente doméstico, para pessoas que mal conhecemos e que certamente jamais encontraremos.

Mas no  lar, na convivência diária é que aprendemos a praticar as benditas lições de misericórdia e bondade, de devotamento e de abnegação, de renúncias e de compreensão.

Pode não parecer fácil, mas é urgente que estendamos nossas mãos e abramos as portas do coração, para ajudar, como for preciso, e receber com amor o familiar que vive conosco nesta vida.

Sejamos para eles o que esperam de nós, embora, nem sempre, correspondam eles ao nosso ideal de vida, como pais e filhos, irmãos e cônjuges, familiares mais distantes.

Façamos a nossa parte doando do nosso amor-carinho, amor-presença, amor-humildade, amor-trabalho, amor-sacrifício, construindo felicidade para eles e paz para as nossas almas, pela consciência do dever bem cumprido e do aprendizado realizado.

Newsletter







Destaques Batuíra