Uma História Infeliz - 26/02/2015

Imprimir

Mensagem Psicografada - Meimei

Porfírio Valeriano dizia-se crente nas coisas de Deus e seguidor dos ensinamentos de Jesus.

Ao tomar conhecimento da Doutrina Espírita, logo tornou-se adepto da Crença e fez-se trabalhador da Seara do Bem.

Assimilou os princípios basilares do Espiritismo e os encontrava consoante ensinamentos de Jesus.

No entanto, diante da primeira dificuldade advinda do seu casamento – sua pequena filhinha, que exigia da esposa todos os cuidados e atenções – sentindo-se desprestigiado, passou a voar de amor em amor, qual borboleta enlouquecida, buscando alhures compensações para sua carência afetiva.

Pobre criatura! Tendo assumido antes da presente encarnação compromissos morais e afetivos com a esposa e a filhinha, desprezava os tratos firmados no mundo espiritual e partia para outras conquistas, tomando atalhos que lhe pareciam floridos, despreocupado, sem responsabilidade, mal sabendo que dali seria muito difícil o retorno.

--------------- ******* -----------------

Ó, tu que bem conheces a Boa Nova de Jesus e que tens escutado e estudado através do Espiritismo, fecha os ouvidos para o canto de sereia que o mundo entoa, fecha os teus olhos para as miragens que o deserto da vida te oferece e permanece fiel aos compromissos assumidos antes da encarnação, perante a tua própria consciência, abreviando, assim, os teus acertos de contas com a Lei de Causa e Efeito.

Refaze os laços amorosos que construíste na bênção do teu lar. Abraça a companheira, agradecido pela sua presença em tua vida, valorizando-a e acalenta nos braços a filhinha querida, tua princesinha e não tua adversária, para que no amanhã te encontres em paz, enriquecido de amor, feliz, porque foste instrumento para que ambas encontrassem a felicidade no teu afeto.

Newsletter







Destaques Batuíra